sexta-feira, 5 de março de 2010

Meu país desgraçado

Joana Vasconcelos: Coração Independente


















Meu país desgraçado!...
E no entanto há Sol a cada canto
e não há Mar tão lindo noutro lado.
Nem há céu mais alegre do que o nosso,
Nem pássaros, nem águas…

Meu país desgraçado!...
Por que fatal engano?
Que malévolos crimes
teus direitos de berço violaram?

Meu Povo
de cabeça pendida, mãos caídas,
de olhos sem fé
- busca, dentro de ti, fora de ti, aonde
a causa da miséria se te esconde.

E em nome dos direitos
que te deram a terra, o Sol, o Mar,
fere-a sem dó
com o lume do teu antigo olhar.

Alevanta-te, Povo!
Ah!, visses tu, nos olhos das mulheres,
a calada censura
que te reclama filhos mais robustos!

Povo anémico e triste,
meu Pedro Sem forças, sem haveres!
- olha a censura muda das mulheres!
Vai-te de novo ao Mar!
Reganha tuas barcas, tuas forças
e o direito de amar e fecundar
as que só por Amor te não desprezam!


9 comentários:

  1. Um belíssimo poema, de um Sebastião da Gama que merece ser recordado.
    Há este país assim, triste e abandonado. Nele vivemos lutando, e assim é porque o amamos.

    Um abraço :)

    ResponderEliminar
  2. Fabuloso poema...

    Mas neste país, agora só "há Chuva em cada canto" :-)

    Um grande beijinho e bom w-end.

    ResponderEliminar
  3. Sebastião da Gama, um grande educador, um homem de visão.
    Olha a herança que temos. Afinal sempre fomos assim...

    Bom fim de semana!!

    ResponderEliminar
  4. "Pelo Sonho é que vamos,
    comovidos e mudos.
    Chegamos? Não chegamos?
    Haja ou não haja frutos,
    pelo sonho é que vamos.
    Basta a fé no que temos,
    Basta a esperança naquilo
    que talvez não teremos.
    Basta que a alma demos,
    com a mesma alegria,
    ao que desconhecemos
    e do que é do dia-a-dia.
    Chegamos? Não chegamos?
    - Partimos. Vamos. Somos."

    [Sebastião da Gama]

    ResponderEliminar
  5. os amigos sentem saudades. Mas vá, trabalha lá! ;)

    ResponderEliminar
  6. Muito bonito sim... e ler hoje este poema... no dia da mulher ainda o tornou mais especial... fez-me pensar nos momentos em que de facto vejo nos olhos das mulheres a calada censura...

    beijinho
    claudia

    ResponderEliminar
  7. "pelo sonho é que vamos", não é?

    um beijo
    luísa

    ResponderEliminar
  8. A actualidade das palavras de Sebastião da Gama. Erguer o olhar e acreditar, sempre!
    Obrigada pelas tuas palavras no meu recanto.
    Um beijo
    Chris

    ResponderEliminar