terça-feira, 14 de outubro de 2008

A Net

Alguns dizem que a Net isola as pessoas, outros dizem que as aproxima. EU CONTO a minha opinião: acho que a Net afasta efectivamente de algumas coisas e aproxima de outras. Pela minha experiência pessoal, vejo menos televisão, ou seja, só vejo na televisão o que me interessa. Tenho encontrado na Net um meio de estar informado sobre o que há de novo na arte, na cultura, na tecnologia, no mundo. Na Net, tal como na televisão comecei a filtrar o que realmente me interessa, deixei de "navegar" ao sabor das ondas, como aconteceu na fase inicial. Através do correio electrónico mantenho um contacto mais próximo com a família, com os amigos, com os colegas e com os alunos (para lá das facilidades que proporciona como ferramenta de trabalho).
Usando o Myspace, blogues e os meus sites, tenho marcado presença num espaço ainda por conquistar. Falando mais particularmente deste blogue, acabou por fazer com me contactassem muito mais. E não só por mail, mesmo pessoalmente. Tem sido vulgar cruzar-me com um colega e ele dizer-me uma opinião sobre um CD, sobre um livro, sobre uma reflexão. Ainda hoje, já no exterior da escola, estávamos três colegas a opinar sobre vinhos!
É curioso que comecei a ter alguns leitores assíduos, e não apenas os que o fazem de passagem. Isto entusiasma-me ainda mais a continuar a escrever. E por que o faço? Porque tantas vezes venho no carro a pensar sobre diversos assuntos (às vezes até na sala, ou já na cama) e chego a conclusões que acho que não devo guardar só para mim. Da mesma forma que um vinho tem mais sabor quando é partilhado, ou se vibra mais com uma música quando se ouve com alguém que comunga (ou procuramos fazer comungar) dos nossos gostos, também o mesmo acontece com as ideias.
O meu único lamento é que por vezes me fazem observações tão interessantes, que deveriam estar aqui nos comentários e assim serem partilhadas com todos os que aqui vêm. Vou começar a dizer: "interessante o que disseste, escreve-o no meu blogue, há outros que gostarão de o ler". Como costumo dizer, EU CONTO, contem vocês também.

2 comentários:

  1. Maria do Céu15 outubro, 2008

    Olá José Rui,

    Eu estou incluída nos leitores assíduos do seu blogue.

    Espero que continue a manter esse entusiasmo em escrever, pois acho que o faz de uma forma muito envolvente!

    É também um privilégio ter alguém com os seus conhecimentos a filtrar a muita informação existente na Net e a indicar o que de melhor existe!

    Muito obrigada!

    ResponderEliminar
  2. Marilyn Brito18 outubro, 2008

    Olá José Rui!

    Desde que me enviaste um mail com o teu blog "anexado", nunca mais parei de o visitar. Muitíssimo interessante... um pouco parecido ao do Álvaro, só que o Álvaro escreve muito de vez em quando, e tu tens sempre novidades. Peço desculpa ainda não te ter escrito nenhum comentário, mas nem sempre há tempo... e é esta falta de tempo que existe para falar com as pessoas, para estar no fim das aulas a conviver um bocado, encontrar-se com amigos e colegas, etc, que já me anda um pouco a irritar. Tenho descoberto, precisamente através da net, e através do teu blog coisas interessantíssimas sobre alguns colegas da nossa escola (como tu com o teu blog, o Carlos Gutkin, a Lídia, etc), e nem "tempo" há na escola para falar com estas pessoas e dizer: "Olha li isto teu, ou o teu blog, gostei...interessante a tua opinião sobre isto ou aquilo...etc". Enfim, é um pouco como tu dizes sobre o filme que colocaste no teu blog, com o Jack Nicholson, deveriamos aproveitar mais a vida.

    Dou-te aqui os meus parabéns pelo teu blog e digo-te já que sou leitora assídua. Continua a escrever e a estar ligado a muitas pessoas aravés desta bendita internet.

    Beijinhos e a gente vê-se na escola.

    Marilyn Brito

    ResponderEliminar