domingo, 8 de novembro de 2009

Despertar

É um pássaro, é uma rosa,
É o mar que me acorda?
Pássaro ou rosa ou mar,
tudo é ardor, tudo é amor.
Acordar é ser rosa na rosa,
canto na ave, água no mar.

Eugénio de Andrade
(1923-2005)

3 comentários:

  1. Fossem todos os despertares tão completos...

    Abraço

    ResponderEliminar
  2. ...E sorriso no olhar.
    Um dos meus poetas portugueses, preferido!

    Besos

    ResponderEliminar
  3. Gosto muito de Eugénio de Andrade.
    (às vezes acordar ainda é um pesadelo)

    Que horror, ontem passei um dia tão agradável, e hoje estou assim..., armada em "pató" :)

    Tudo de bom.
    Fátima.

    ResponderEliminar