terça-feira, 10 de novembro de 2009

Enamorarse y no

Cuando uno se enamora las cuadrillas
del tiempo hacen escala en el olvido
la desdicha se llena de milagros
el miedo se convierte en osadía
y la muerte no sale de su cueva
enamorarse es un presagio gratis
una ventana abierta al árbol nuevo
una proeza de los sentimientos
una bonanza casi insoportable
y un ejercicio contra el infortunio
por el contrario desenamorarse
es ver el cuerpo como es y no
como la otra mirada lo inventaba
es regresar más pobre al viejo enigma
y dar con la tristeza en el espejo.


(1920-2009)

Foi um desafio: encontrar uma tema musical para este maravilhoso poema de Benedetti, esse verdadeiro Gentilhombre.
Encontrei uma pérola: Narciso Yepes a interpretar o 2º and. da Fantasía para un Gentilhombre de Joquín Rodrigo.

3 comentários:

  1. Um belo tema musica.
    A tradução do poema é muito má e pr'a mim espanhol é praticamente chinês. :)

    Uma boa tarde.

    ResponderEliminar
  2. É verdade, Contracena, há poemas que não dá para traduzir... não soam com a mesma musicalidade... mas talvez ainda faça uma tradução aproximada, pelo menos melhor que as traduções automáticas!

    Abraço

    ResponderEliminar