domingo, 17 de janeiro de 2010

Mareta nom faces plorar

Mareta, mareta, no'm faces plorar,
compra'm la nineta avui qu'es el meu sant.
Que tinga la nina hermosos els ulls,
la cara molt fina i els cabells molt rull.

Marieta, Marieta jo es cantaré
una cançoneta que ta adormiré.
Dorm-te, neneta, dorm si tens son.
Dorm-te, neneta, dorm si tens son


Mamã, querida mamã, não me faças chorar,
compra-me uma boneca, hoje que é o dia do meu santo
Que tenha a boneca uns olhos lindos,
um rosto bonito e cabelos muito encaracolados.

Maria, pequena Maria, eu irei cantar
uma canção para te embalar.
Dorme, pequena, dorme se tens sono.
Dorme, pequena, dorme se tens sono.

Uma canção de embalar de um anónimo do ano 1700 (Alicante, Espanha).
A interpretação é de Montserrat Figueras, conhecida nos círculos da música antiga como "a voz da emoção".
Acompanhamento instrumental por Hespèrion XXI (Jordi Savall).

6 comentários:

  1. Deu-me vontade de chorar ao ouvir esta música... Lembranças de quando era pequenina e tinha bonecas lindas e a vida cheia de sonhos... Saudades! Apenas saudades...

    Beijo

    ResponderEliminar
  2. Meu caro: é impossível não teres pensado em mim quando postaste isto aqui. IMPOSSÍVEL!!!! Nem sei que mais te diga. Apetece pôr a músuca em non stop, até nunca enjoar.

    ResponderEliminar
  3. Susana, na verdade procurava uma cantora para te aconselhar um CD, tal como pediste. Lembrei-me de Montserrat Figueras, vou indicar-te um dos seus CDs.
    Mas adivinhaste, este post foi mesmo a pensar em ti! Estive quase para o escrever!

    ResponderEliminar
  4. Eu sabia!!!!!!!!!!!!
    Adorei! Já ouvi isto um montão de vezes (copiei e tudo... sorry!). Também pus a XX a ouvir. No fim da canção gritou-me:
    - "Mããeeee. Gostei!!"
    E olha que ela estava a ouvir a Avril Lavine!

    ResponderEliminar
  5. Um tesouro do inicio do sec, XVIII, maravilhosa esta canção de embalar... emocionante!Apetece ouvir... ouvir... e voltar a ouvir...

    um abraço

    ResponderEliminar
  6. Um "mimo", esta canção de embalar.

    Abraço.

    ResponderEliminar